A saúde no Mundo

    A Administração Hospitalar encontra -se em um processo de avaliação de seus gestores e colaboradores no exercício de suas funções para a sobrevivência dos equipamentos de prestação de serviços de saúde.

    É público e notório a situação de calamidade do sistema de saúde do pais que encontra sérias dificuldades de manter seus objetivos diante da ausência de políticas públicas para custeio e continuidade da prestação de serviços de saúde.

    As entidades filantrópicas são de fato a responsável pelo atendimento de mais de 52% dos atendimentos médicos do Sistema Único de Saúde – SUS. Desde sua criação com a Constituição de 1988 o sistema agrega características evidentes de a superlotação, a falta de leitos nos hospitais, aparelhos quebrados, laboratórios interditados e a falta de médicos nos pronto-socorro e nos postos de saúde, tem sido uma das maiores dificuldades encontradas na gestão do SUS.

    O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores sistemas público de saúde do mundo. Com o objetivo de atender milhões de brasileiros, o SUS tem como responsabilidade oferecer a toda sociedade serviços como consultas, exames, internações, campanhas de vacinação, ações e prevenções de doenças e dentre outras. Mas desde sua criação, em 1988, o SUS tem enfrentado diversos problemas em sua gestão. Problemas esses que tem causado transtornos tanto para pacientes quanto para os profissionais da área.

    Em recente publicação enumerou-se um ranking dos 10 maiores sistemas de saúde no mundo, eis que cabe uma leitura no texto para avaliar nossas realidades conjunturais.

     

    10º Lugar - CUBA

    Até com todas as controvérsias que o governo cubano está enfrentando em relação ao seu sistema de saúde, há algo em que os cubanos são muito bons, que é a assistência preventiva. Eles se certificam que os cidadãos estejam sempre cientes da necessidade do exercício, tenham uma dieta adequada e mantenham boa higiene.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fB9JYDd

    09º Lugar - ITALIA

    A maioria dos cidadãos na Itália não tem qualquer seguro privado, porque o governo deles é capaz de cobrir a maioria das suas necessidades de assistência médica. Isto é verdade, apesar do fato de que tenham uma das menores taxas de despesa de saúde per capita, comparada às nações de primeiro mundo, como os Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Suíça.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fBKaUa8

    08º Lugar - JAPÃO

    A expectativa de vida média dos japoneses é de até os 86 anos de idade, mostrando como o sistema de assistência médica do país é avançado e amigável ao cidadão.

    Eles também ostentam uma baixa despesa per capita de assistência médica, comparados aos seus outros homólogos asiáticos. E têm uma das melhores taxas de recuperação de doenças graves do planeta e têm uma das menores taxas de mortalidade infantil, em apenas 3 mortes para cada 1000 nascidos vivos.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fBW6wof

    07º Lugar - FRANÇA

    Nos últimos anos, a França tem sido considerada um dos principais países dentre os melhores sistemas de saúde do mundo. Isso se deve ao fato do sistema de saúde universal que é financiado por contribuições do povo, baseado na renda deles. Portanto, o governo em troca, é capaz de reembolsar quase 70% das despesas médicas de seus cidadãos.

    O povo francês tem até a liberdade de escolher qualquer provedor de saúde que prefiram. Enquanto isso, aqueles que podem pagar um plano de saúde privado, podem também optar por se beneficiar como alternativa.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fBmyvL1

     

    06º Lugar – ALEMANHA

    É imperativo para todos os cidadãos ter o seguro médico na Alemanha. Eles compram os mesmos de fundos sem fins lucrativos. Destes 200 planos disponíveis, nenhuma entidade pode negar a um cidadão em relação à cobertura, até para condições pré-existentes.

    Para permitir este tipo de assistência médica, os alemães dedicam 8% de seus salários para fundo de saúde, e seus empregadores consequentemente igualam isso. A assistência pública está disponível para aqueles que não podem pagar a mesma. As crianças, no entanto, são cobertas pelo fundo de contribuintes. Os programas de gestão da saúde têm feito sucesso na Alemanha também.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fC0U5f3

     

    05º Lugar – GRÃ BRETANHA

    O povo britânico racionalizou seu sistema de saúde. Portanto, além de pagar pelo seguro do povo, o governo é também responsável por manter médicos e hospitais funcionando.

    Então quando um paciente vai para um centro médico, todos os serviços que ele recorre já estão pré-pagos. No entanto, isso não cobre medicamentos prescritos. Há um limite de US$45.000 para estes serviços, porém, é necessário que o Instituto Nacional para Saúde e Excelência Clínica aprove as solicitações para uso

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fCBHE00

    04º Lugar – CANADÁ

    Os canadenses recebem assistência médica adequada que são financiadas através de suas rendas e impostos sobre vendas. Ao contrário do sistema britânico, os médicos e hospitais são entidades privadas.

    Os fornecedores de assistência médica canadenses notificam o governo para que os cidadãos apenas tenham que pagar por odontologia, oftalmologia, e medicamentos prescritos. Embora a assistência médica esteja ficando muito cara no Canadá, eles ainda gastam menos do que seus homólogos nos Estados Unidos.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fCMleIY

    03º Lugar – CHINA

    Em meio a problemas enfrentados pela China sobre seu sistema de saúde de alguns anos atrás, a China atualmente está no meio de uma iniciativa de reforma de saúde importante. O governo chinês atribui US$ 124 bilhões para assistência médica, garantindo que ao menos 90% de sua população, então tenha o seguro de saúde

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fCXO9vi

    02º Lugar – SUIÇA

    Os suíços têm contado com cobertura universal desde 1994 e é fornecido por planos de saúde privado. A Suíça possui o custo de assistência médica mais caro, perdendo apenas para os Estados Unidos.

    Ao contrário dos Estados Unidos, o plano de saúde na Suíça não é baseado nos impostos sobre emprego. Os cidadãos escolhem entre uma variedade de planos privados e aqueles que não podem pagar poderiam receber subsídios do governo. Além disso, a categoria Premium de todos, é a mesma.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fCffndN

    01º Lugar – TAIWAN

    O governo de Taiwan paga para todas as necessidades de seus cidadãos em assistência médica. Eles são capazes de cobrir as necessidades da população, ainda conseguiram diminuir os custos de assistência médica. Muito crédito é dado para o aumento no uso de cartões inteligentes. Estes cartões inteligentes já contêm o histórico médico do paciente, desde o nascimento, tornando isso fácil aos médicos para diagnosticar qualquer problema de saúde. Este sistema é baseado em impostos sobre emprego, portanto, aos idosos e aqueles que não podem pagar o sistema, são concedidos subsídios.

    Fonte: http://top10mais.org/top-10-melhores-sistemas-de-saude-do-mundo/#ixzz48fCngQZF

    EFS - Estudo em Foco Saúde 2014- Todos os direitos reservados | Criative Web