Portaria nº 485/05 - NR 32

    Portaria nº 485/05 – NR 32

    Com a instituição da Portaria nº 485 de 11 de novembro de 2005 ( DOU – 16.11.05 ) todos os estabelecimentos que exercem atividades de promoção e assistência á saúde devem assumir obrigações legais quanto as medidas de proteção e á saúde dos trabalhadores de serviços de saúde. A norma preconiza critérios de capacitação quanto aos riscos e a probabilidade de exposição a agentes biológicos, com a vinculação dos Programas de Prevenção de Riscos Ambientais ( PPRA ) e dos Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional  ( PCMSO ). No detalhamento da referida norma estabelece as condições dos itens abaixo relacionados, que são de suma importância as questões de gestão da prevenção e da segurança dos trabalhadores.

    32.2 Riscos Biológicos
    32.3 – Dos Riscos Químicos
    32.4 – Das Radiações Inonizantes
    32.5 – Dos Resíduos
    32.6 – Das Condições de Conforto por Ocasião das Refeições
    32.7 – Das Lavanderias
    32.8 – Da Limpeza e Conservação
    32.9 – Da Manutenção de Máquinas e Equipamentos

    Devemos esclarecer que a NR 32 tem abrangência em:

    “ ... Qualquer edificação destinada a prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção,recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade.”

    • Faculdades de Medicina
    • Centros de Pesquisa Cientificas
    • Escolas Técnicas ( enfermagem, radiologia, hematologia e etc )
    • Laboratórios
    • Clinicas
    • Equipes da Saúde de Família
    EFS - Estudo em Foco Saúde 2014- Todos os direitos reservados | Criative Web