Metal

    METAL

    Em 2005 o Brasil atingiu o índice de reciclagem de 96,2%. A lata é inteiramente reciclada e o processo economiza 95% da energia necessária para a produção de alumínio. Fonte: ABAL ( www.abal.org.br ).

    As latas de alumínio surgiram no mercado norte americano em 1963, mas os programas de reciclagem começaram em 1968.  A reciclagem das latas de aço começou nos EUA na década de 70 e no Brasil, por volta de 1992. Por serem atraídas por eletroímãs, são facilmente separadas do lixo para reciclagem. Entretanto, o Brasil ainda não é auto suficiente em sucata de aço.    Em 2000, o Brasil reciclou 78% das latas de alumínio utilizadas para bebidas, o que representa 7.4 bilhões de latas, ou 111 mil toneladas. No mesmo ano foram recicladas 40% das latas de aço o que equivale a 300 mil toneladas.
    Fonte. (CEMPRE, 2002 ).
    O alumínio e o aço podem ser reciclados inúmeras vezes sem perder sua qualidade. As tintas da estamparia da embalagem são destruídas nos fornos de fundição, durante o reprocessamento do alumínio ou aço, e por isso não atrapalham a reciclagem.

    Reciclagem:

    Latas de Cerveja, refrigerantes, latas de óleo, sucos de alimentos em sonserva, panelas sem cabo, marmitex, fios, correntes, objetos e sucatas de ferro, alumínio, bronze, cobre e outros metais.

     

    Fonte: Programa Menor Lixo, mais vida
    Termo de cooperação do Projeto de Gerenciamento de Resíduos Sólidos
    JICA – Japan International Cooperation Agenct
    PMSP – Prefeitura do Município de São Paulo

     

     

    EFS - Estudo em Foco Saúde 2014- Todos os direitos reservados | Criative Web