Transporte de Resíduos na NR 32

    Todo processo de capacitação dos colaboradores reveste da configuração de princípios básicos de observações das questões de segurança e saúde do trabalhador.

     

    Por estas questões a norma determina os processos que devem ser sistematizados no transporte de resíduos de serviços de saúde.

     

     

    32.5.4 O transporte manual do recipiente de segregação deve ser realizado de forma que não exista o contato do mesmo com outras partes do corpo, sendo vedado o arrasto.


    32.5.5 Sempre que o transporte do recipiente de segregação possa comprometer a segurança e a saúde do trabalhador, devem ser utilizados meios técnicos apropriados, de modo a preservar a sua saúde e integridade física

     

    32.5.7 O transporte dos resíduos para a área de armazenamento externo deve atender aos seguintes requisitos:


    a) ser feito através de carros constituídos de material rígido, lavável, impermeável, provido de tampo articulado ao próprio corpo do equipamento e cantos arredondados;


    b) ser realizado em sentido único com roteiro definido em horários não coincidentes com a distribuição de roupas, alimentos e medicamentos, períodos de visita ou de maior fluxo de pessoas.

     

    32.5.7.1 Os recipientes de transporte com mais de 400 litros de capacidade devem possuir válvula de dreno no fundo.

     

     

     

    EFS - Estudo em Foco Saúde 2014- Todos os direitos reservados | Criative Web